Cousas e Causos
 
quinta-feira, junho 29, 2006
O Príncipe e o Mendigo
Ontem conversei com um cara muito interessante. Faz o tipo intelectual. Gosta e sabe MUITO sobre o mesmo tipo de música que eu gosto. Faz Pós-Graduação. Aparentemente desimpedido (deu até um ?molinho?- para o qual me fiz de morta, obviamente). Mas... (tem sempre um ?mas?) vive do comércio informal, tem aquela cara de cachorro caído da mudança tão bem descrito no Mulheres com Legendas, que faz a gente se arrepender de ter olhado duas vezes. Fiquei com aquela impressão de que o mundo é feito de dois tipos de homens:

a) Aquele que te permite um padrão de vida mais, digamos, satisfatório, que paga a conta do restaurante, por exemplo. Em compensação ou é um troglodita semi-alfabetizado ou um canalha.

b) Aquele que é sensível, amável, companheiro (mesmo que isso signifique ficar em casa vendo futebol e querendo que vc se junte a ele). Em compensação, você sustenta o tipo, às vezes não só financeiramente, mas tem que sustentar emocionalmente também.

Eu tenho uma forte atração pelo tipo b. Fazer o que? Acho que ainda não nasceu o a/b.

Depois do comentário da Bárbara, sou obrigada a corrigir a última frase.
Talvez o a/b tenha nascido sim, mas só uma Mothern como a Bárbara, ou a Dinha, a Nonô, a Maria João e tantas outras (me desculpem as que eu não lembrei) poderão mantê-los assim. A geração da Sofia agradece.
Postado por Claudia @ 10:35 AM   8 comentários
quarta-feira, junho 28, 2006
Deus não tem pressa
Apesar de católica por batismo, não frequento qualquer religião. Tenho uma tremenda fé em Deus e mais que isso, agradeço a ele por tudo o que tenho e por todas as suas bençãos e eu e meus queridos recebemos. Visitei o Meu Garimpo de Amor, dedicado à adoção, e vi esse texto que fala sobre o tempo das coisas. Gostei e repito aqui.


Você já se deu conta de que Deus não tem pressa? A pressa é um dos maiores males dos tempos modernos. É como se a humanidade desejasse acelerar os acontecimentos num período de tempo muito curto. E a educação das nossas crianças não foge à regra.
Quando nosso filho procede com infantilidade aos cinco anos de idade, por exemplo, dizemos: ?por que não se comporta como um homenzinho??
Qualquer pessoa sensata sabe que ele não é um homenzinho. Mas queremos que a criança aja como adulto, não porque seja bom para ela, mas porque é conveniente para nós. Talvez não porque achemos isso certo, mas porque estamos impacientes.
Roubamos os nossos filhos quando os fazemos atravessar às pressas a infância. Também a nós logramos porque perdemos a oportunidade de nos deixar contagiar pela sua inocência, sua curiosidade espontânea, sua admiração natural, sua alegria sem restrições.
Muitas vezes a nossa impaciência impede o desenvolvimento de grandes inteligências e de grandes almas, porque esquecemos de que a assimilação do bem é um processo lento.
Certa vez um pai perguntou ao diretor de uma universidade se o currículo escolar não poderia ser simplificado para que seu filho pudesse ?ir por um caminho mais curto?.
- Sem dúvida, respondeu o educador. Tudo depende, porém, do que o senhor queira fazer do seu filho. Quando Deus quer fazer um carvalho, por exemplo, leva cem anos. Quando quer fazer uma abóbora, precisa apenas de três meses.
É comum nos esquecermos de que as engrenagens das nossas vidas estão interligadas com as do Criador. Assim sendo, como os dentes das engrenagens dos planos de Deus são mais fortes do que os das nossas, quando aceleramos mais que Deus, as nossas se quebram. E por essa razão, cansamo-nos, despedaçamo-nos.
A natureza nos oferece muitas indicações de que o nosso ritmo alucinado não é normal.
Quando saímos dos lugares superlotados, fugimos dos horários e andamos por entre as árvores que crescem devagar e as montanhas silenciosas que parecem estar sempre tranqüilas, absorvemos um pouco da serenidade e da calma da natureza.
No entanto, não devemos confundir paciência com passividade, inércia, e esperar que tudo seja feito por nós. Paciência é determinação de começar cedo a empregar o tempo para realizar coisas úteis.
A melhor ilustração de tudo isso pode ser o caso da menina que disse à mãe logo depois que uma senhora de cabelos brancos saiu de sua casa: ?se eu pudesse ser uma velha assim, tão simpática e tão boazinha, não me importaria de envelhecer?.
- Está muito bem, respondeu a mãe. Se você quer ser uma velha assim, convém começar desde já, pois ela não ficou assim às pressas.
Pense nisso!
O Sol leva todo o tempo que lhe é necessário para nascer e se pôr. Não é possível apressá-lo.
O gelo no lago se derreterá quando a temperatura do ar for apropriada.
As aves migratórias chegarão e partirão quando estiverem prontas para isso.
Até as invenções, sobre as quais o homem aparentemente exerce absoluto controle, só chegam no tempo próprio, quando a oportunidade amadureceu e a cultura está pronta para recebê-las.
Uma vez mais o Mestre de Nazaré tinha razão ao dizer: ?primeiro a erva, depois a espiga, e, por último, o grão cheio na espiga?.
Quis com isso dizer que tudo vem a seu tempo, sem pressa nem desespero.
Pensemos nisso!
(Redação do Momento Espírita, baseado na revista Seleções do Reader?s Digest, fev/57.)
Postado por Claudia @ 11:55 AM   4 comentários
terça-feira, junho 27, 2006
O Poder Feminino
Somos mesmo poderosas, principalmente em se tratando de convencer o "macharal" a fazer o que a gente quer. A Sofia já está exercitando o poderzinho... vejam o diálogo.
_ Pai, agora deixa eu passar esse batom em você?
_ Mas eu não quero passar batom... eu sou menino... menino não passa batom...
_ Mas esse batom aqui é de menino, ó... é do Batman.
Postado por Claudia @ 2:55 PM   4 comentários
Celebridade
Tava vistando a Fairuce e resolvi testar esse negócio de encontrar as celebridades que se parecem com você. O resultado está aí. Se cuida.... Latorraca!!
Postado por Claudia @ 2:45 PM   0 comentários
segunda-feira, junho 26, 2006
Da série Ser Mulher É...
Ser Mulher é ter consciência dessa condição desde muito cedo.
_ Mãe, vc é minha bebezinha (esmagando as minhas bochechas)
_ Sou sim... e você? O que é?
_ Eu sou "muler", ué.
Postado por Claudia @ 5:20 PM   4 comentários
Da série Ser Mãe É...

Ser Mãe e dançar com ela, ouvindo o CD da trilha do filme Priscilla, Rainha do Deserto por quase uma hora e achar o máximo!!!
Postado por Claudia @ 5:04 PM   0 comentários
Voltamos


Com força total para mais uma semana de blogadas a quatro mãos.
Postado por Claudia @ 2:22 PM   2 comentários
segunda-feira, junho 19, 2006
Presente Ausente

Queridas, pelos próximos dias não estarei postando com muita freqüência porque estou afastada do serviço. A Universidade está em greve e resolvi aderir ao movimento. Não sei por quanto tempo ficaremos nesta situação, mas vou tentar dar um pulinho aqui sempre que puder. Que o Papai do Céu guarde vcs.
Postado por Claudia @ 12:59 PM   3 comentários
quarta-feira, junho 14, 2006
A Lara

Não sei se escrito esse post vai soar tão divertido quanto foi ouvir ao vivo.
Todas as vezes que conversamos sobre o Diogo, colega de escolinha da Sofia, ela diz:
_ A mãe dele é a Lara, igual do Orquidário.
Eu não entendia bem o comentário.
Vamos com certa freqüência ao Orquidário de Santos, ela adora. Mas o que tem o Orquidário com a Lara. Até que, mais uma vez, a ficha caiu.
Quando ela diz "a Lara" o som sai muito parecido com "arara", que ela conhece do viveiro que existe dentro do Orquidário. Ahhhhhh... então tá!
Postado por Claudia @ 4:50 PM   4 comentários
terça-feira, junho 13, 2006
5 Coisinhas para dizer ao seu filho

Ví esse texto no Blog da Nono Joris, que por sua vez, tinha visto no blog do Fabrício Carpinejar então resolvi copiar descaradamente.

1) Dorme com os anjos e depois pede para o anjo passar em meus sonhos

Meus filhos não fecham os olhos sem essa frase, é um ritual como fungar no pescoço. Dormir com os anjos ainda é pouco. Deve-se pedir que eles falem com os anjos e percebam que são responsáveis também pelos nossos sonhos. Assim entenderão que um sonho é vizinho do outro, como seus quartos são vizinhos do meu. Um dia Vicente disse que ficou muito tempo com os anjos na gangorra e esqueceu de avisar que eu o estava esperando.

2) Vamos arrumar o quarto juntos

Não acredito que a criança deve arrumar tudo sozinha, qual é a graça? A criança, quando vai organizar o quarto, encontra outras possibilidades de brincar. O pai ou a mãe podem descobrir o que ela mais gosta, propor novos sentidos aos brinquedos, construir parques a partir dos destroços e conhecer a evolução de sua imaginação e linguagem.

3) Contar histórias para acordar

Filho deseja que os pais contem histórias justamente para não dormir, para acordar sua sensibilidade. É momento de fazer o fantoches de vozes. O teatro das pausas. Dublar bichos e personagens. Ele pede para contar novamente a mesma história porque já descobriu que é impossível repetir. O amor não se repete, sempre encontra um jeito de ser original.

4) Não esquece o casaco

Isso é uma maneira de dizer: não esquece do meu abraço. A criança lembra do frio e volta para aquele aperto perfumado. Toda despedida é um ensaio para o regresso. Minha mão não nasceu para o aceno, nasceu para ser um cinto ou um suspensório.

5) Eu te amo muito muito muito que desaprendi a contar

Para um filho não definir a contagem do amor é um alívio. Sentimento não tem tamanho, mas valor. Dependendo do silêncio do filho, ele está retribuindo sua declaração. Uma criança fica quieta para mastigar sua vontade de amar. Aprendeu que não se fala de boca cheia.

Fabrício Carpinejar, poeta, jornalista e professor da Unisinos. Autor de O Amor Esquece de Começar (Bertrand Brasil, 2006). Pai de Mariana, 12 anos, e Vicente, quatro, adora "colecionar álbuns de figurinhas para completar os espaços em branco com as minhas mãos e as dos filhos" (Publicado no jornal ZERO HORA, caderno MEU FILHO Porto Alegre, 29 de maio de 2006. Edição nº 14886)

Postado por Claudia @ 10:56 AM   6 comentários
segunda-feira, junho 12, 2006
Biribonha

Mais uma pro dicionário da Sofia... biribinha virou biribonha (olha ela aí estourando biribonhas)
Postado por Claudia @ 5:14 PM   4 comentários
Que bom que você veio
Há alguns dias atrás a Sofia ficou em casa com o pai. Ela estava se recuperando de uma crise de bronquite e aproveitamos a folga do Amauri pra dar uma folga pra ela também. Eu, cansada pelas repedidas noites mal-dormidas, não estava com o menor ânimo de passar em casa na hora do almoço. Mesmo assim, juntei o que sobrava de mim e fui. Um pouco antes de eu voltar pro serviço ela me olha bem nos olhos e diz: "Que bom que vc veio", quase fiquei o resto do dia.
Postado por Claudia @ 5:09 PM   3 comentários
sexta-feira, junho 09, 2006
Win Wenders e Aprendenders
Viver de maneira plena é muito bom , mesmo quando dói. Viver a vidinha pela metade, se escondendo, com medo da exposição, além de ser chato a beça, dá um trabalhão danado e acaba doendo muito mais fundo. Carpe Diem, de verdade!!!
Postado por Claudia @ 2:26 PM   9 comentários
Teorias de Sofia II
Pelo visto o assunto tem povoado a cabecinha dela. Hoje de manhã estávamaos indo ao pediatra e lá pelas tantas ela pergunta:
_Mãe, quem é que fez o buraquinho na sua barriga?
_Que buraquinho, filha? (Achando que ela ela se referia ao meu umbigo)
_ O buraquinho pra eu entrar!
_ Foi o papai. (Respondi, me achando super esperta)
_ E ele fez com o que? Com uma agulha?
_ .......................................................................... foi.

(postado originalmente em 02/06/2006)
Postado por Claudia @ 2:23 PM   1 comentários
Teorias de Sofia
A Sofia tem lá a suas teorias sobre as coisas. Ela sabe que quando ela era bem pequenininha, ela morou na minha barriga. Ela também sabe que o papai e a mamãe já foram bem pequenininhos um dia. Então ela acredita que nós também já moramos na barriga dela. Hoje de manhã ela me vem com essa.
_ Quando vocês dois estavam na minha barriga, eu fiquei que nem o lobo. Com a barriga beeeeeem grande. (postado originalmente em 01/06/2006)
Postado por Claudia @ 2:22 PM   1 comentários
Alegre Despertar
A Isabella andou escrevendo sobre as agruras e as docuras de ser mãe. Esta noite eu experimentei as duas coisas.
Ontem a Sofia teve cólicas horrorosas, mal pegava no sono e acordava gritando. Eu, me sentindo impotente, acabei me rendendo e depois de algumas horas resolvi dar um analgésico, mesmo correndo o risco de mascarar algum outro sintoma. Depois do remédio ela finalmente dormiu. No meio da noite acordei várias vezes, ora porque ela resmungava, ora porque ela se agitava (inclusive notei que ela rangia os dentes).
Hoje de manhã, acordo com um beijinho suavemente depositado em minha testa e um sorrisinho maroto. Foi bom demais, valeu por todas as noites mal dormidas. (postado originalmente em 01/06/2006)
Postado por Claudia @ 2:20 PM   0 comentários
Trixie


A Sofia adorou a festinha de aniversário na escola. Dentre as lembrancinhas que ela ganhou, estavam dois conjuntinhos de elásticos e presilhas para cabelo. Depois de muito mexer no meu cabelo eu perguntei. E então tô bonita?
_ Tá parecendo o Lazy Town! e morreu de rir
Qualquer semelhança é mera coincidência.

(postado originalmente 29/05/2006)
Postado por Claudia @ 2:16 PM   0 comentários
Mãe é mãe


A Karin (do LV do Mothern) que mandou essa... tão "mãe"!
Postado por Claudia @ 12:01 PM   0 comentários
Kiwi
_ Mãe... quero caqui!
Corri na geladeira feliz da vida e trouxe um caqui madurinho, bem doce.
_ Não mãe... quero aquele caqui verde!

Haja...
(postado originalmente em 25/05/2006)
Postado por Claudia @ 12:01 PM   0 comentários
Banho II
No banho comigo.
Depois de apertar meu peito e fazer "bibi, fonfon", mamar, beliscar ela pegou no dela e disse:
_ Quero que o meu mamá cresce que nem o seu!
Me fez pensar que um dia vou ter que comprar soutien e absorvente pra duas pessoas.
(postada originalmente em 25/05/2006)
Postado por Claudia @ 11:59 AM   0 comentários
Banho
Agora ela quer tomar banho acompanhada. Outro dia empurrei a tarefa pro pai, já que iria fazer a janta e o pai resistiu bravamente:
_Vamos vai pai, vai ser legal.... vamos meu amigão... vamos?

(postado originalmente em 25/05/2006)
Postado por Claudia @ 11:58 AM   0 comentários
Talento e emoção
Tem gente que tem talento pra emocionar a gente, colocando em palavras, sentimentos que às vezes não conseguimos expressar muito bem. A Isabella é uma delas. Leiam o post que ela escreveu hoje!
(postado originalmente em 23/05/2006)
Postado por Claudia @ 11:56 AM   0 comentários
Alô??
Ela segurando o telefone sem fio com o bocal na orelha e eu do outro lado da linha:
_Alô? Mamãe? Mamãe? Tó Vó... tá entupido!!
(postado originalmente em 22/05/2006)
Postado por Claudia @ 11:55 AM   0 comentários
Paixão
Hoje estou ouvindo Frejat. Cara... me deu uma vontade de me apaixonar. Sabe aquelas paixões que você fica de quatro mesmo, babando, completamente retardada? Era assim que eu queria estar.
(postado originalmente em 17/05/2006)
Postado por Claudia @ 11:54 AM   0 comentários
O Paulo
_ Mãe, me dá um boneco do Paulo Enges?
_Vamos ver filha, quem sabe o Papai Noel manda (Quem diabos será esse raio de Paulo Enges)
Horas depois me caiu a ficha... Paulo Enges é a versão dela para Power Rangers... meus sais...
(postado originalmente em 16/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:43 AM   0 comentários
Festa da Barbie


Só pra registrar, fiz a tal Festa da Barbie pra Sofia. Ela amou demais. A cara dela na hora que ela viu, o brilho nos olhinhos dela. Me fez esquecer tudo o que passei pra conseguir organizar.
(postado originalmente em 16/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:38 AM   0 comentários
Dupla Dinâmica
Maridón foi viajar e estamos só eu e Sofia em casa. Olha, a gente fica bem demais, sabia? Que delícia! Sem ninguém pra dar palpite, sem grandes obrigações, com a TV e a cama só pra mim. Pena que na quinta vou ter que levá-la pra casa da minha mãe pra poder ir no "diacho" do Congresso de Secretárias. Só sei que está divertido brincar de Dupla Dinâmica. Vou organizar um dos nosso banhos juntas. Ai minha conta de luz!!!
(postada originalmente 16/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:36 AM   0 comentários
Liguei
Bom, depois dos acontecimentos aqui em São Paulo, fui obrigada a "me ligar". Teve muito medo. Medo por minha própria vida, mas principalmente pela vida dos meus queridos. Passado o susto, vêm algumas conclusões.
a) Definitivamente estamos a mercê do crime;
b) Não podemos contar com qualquer tipo de autoridade;
c) As pessoas não estão mais esperando que alguém faça alguma coisa, cada um tratou de se defender como pode;
d) O dono do galinheiro é outro e a gente tem que se adaptar;
e) O crime está mais organizado que a polícia e o governo.
É "soda"
(postado originalmente em 16/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:33 AM   0 comentários
Ando, meio desligado...
Essa música meio que tem sido a música de fundo da minha vida nos últimos dias. Tô funcionando, razoalvemente bem, no piloto automático. Tenho feito tudo que precisa ser feito. Organizando a festinha da Sofia, fazendo as provas do curso, lendo o livro sobre educação que comprei, trabalhando mais ou menos de maneira produtiva, mas a sensação que eu tenho é que estou desligada.
É estranho, não sei se finalmente estou menos preocupada com as coisas e apenas faço o que tem que ser feito ou se realmente não estou prestando a atenção devida às coisas. Sei lá... tá tudo muito estranho.
(postado originalmente 12/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:32 AM   0 comentários
Ainda na Era do VHS
Ela mexeu, mexeu, mexeu na fita da Disney e me entregou:
_ Ó mãe, já "rebolinei" a fita.
(postado originalmente em 08/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:30 AM   0 comentários
Altos e Baixos
Depois da acupuntura me senti bem melhor. Estava tão bem, tão bem, que encarei uma discussão. Odeio discutir, mas não tenho mais condições de ouvir os "absurdos" e não reagir. Resultado? O final de semana foi chatíssimo, não aproveitei. Só valeu pelo passeio na USP com a Sofia, que agora joga bola direitinho.
(postado originalmente em 08/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:29 AM   0 comentários
Tristeza e Acupultura
Tô um pouco apressada então vou aproveitar o Post que deixei no LV do Mothern
"Hoje foi minha vez de entrar naquele buracão escuro que a gente cai de vez em quando e não vê muita saída. Minha vida anda bastante complicada por uma sééééééérie de pequenas coisas. Nada muito sério, mas que no conjunto me deixam muito triste, aflita e com uma raiva danada de saber que tudo o que preciso é aprender a conviver melhor com as mudanças e consequentemente mudar a mim mesma sem medo de ser feliz.

Hoje a cumbuquinha transbordou e eu passei a maior parte do dia chorando. Vendo minha aflição, uma colega aqui do serviço me ajudou fazendo Reiki e colocando algumas sementinhas nos pontos de acupuntura na minha orelha.

Gente, tô nova!!! É impressionante como melhorei de uma hora pra outra. Fantástico!! Recomendo mesmo."
Obrigada Alícia pela preciosa ajuda!!!
(postado originalmente em 05/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:27 AM   0 comentários
Outono

Definitivamente AMO o Outono. Na minha opinião é a melhor época do ano. Não faz muito calor (não gosto do calor), não chove demais, nem fica seco demais. Tem dias de céu limpinho, sem uma nuvem, bem azul. Tem cada por-do-sol!!! Fico um pouco mais introspectiva, é verdade, mas de uma maneira muito natural e gostosa. Gosto de andar sozinha pelas ruas no Outono. Gosto de ficar sozinha no Outono.
(postado originalmente em 05/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:24 AM   0 comentários
Um fim de dia muito feliz
Estive com a Sofia na praia neste feriado. Logo que chegamos no sábado, por volta das 17:30 corri com ela pra praia. Ai que delícia! Foi um dos momentos mais felizes na minha vida, se não foi o mais feliz. Ali, na praia, o dia acabando, escurecendo e a gente correndo com os pés na água. Brincando de enterrar os pés uma da outra com a "laminha". Depois corremos para a areia fofa e brincamos mais um pouco. Ainda fomos fazer um de nossos programas favoritos, que é conversar enquando eu a empurro no balanço. Foi realmente um final de tarde MARAVILHOSO! Queria estar disponível assim mais vezes.
(postado originalmente em 02/05/2006)
Postado por Claudia @ 10:22 AM   0 comentários
Felicidade é simples
A gente se tortura tanto, preocupada com a felicidade dos filhos, que nem percebe que coisas simples, muitas vezes, propiciam momentos muito gostosos. Um exemplo simbólico foi o que aconteceu ontem. Comprei uma caixa de giz de cera pra Sofia, custou R$ 1,00. Ela está desenhando desde ontem, dormiu com um dos giz na mão e queria levar outro pra escola.
(originalmente postado em 27/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:21 AM   0 comentários
Um orgulho só!
Hoje pela manhã fui à reunião na escola da Sofia. Gente, é bom demais, né? Os elogios feitos aos filhos tem efeito dobrado nos pais. Na avaliação geral ela recebeu vários Bons e Ótimos. Os trabalhinhos estão lindos!! Mas o que mais me deixou orgulhosa mesmo foi a professora destacar que ela já está superando a fase das garatujas e já desenha figuras. Tem uma foto das primeira figurinhas que ela desenhou no álbum. Tô insuportável... hehehe
(postado originalmente em 27/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:19 AM   0 comentários
Rir é bom... rir até fezer xixi é melhor ainda
Sofia riu tanto brincando com o pai que fez xixi na roupa. Detalhe... em cima da minha cama. Molhou o edredom, a colcha, o lençol e o forro do colchão... é mole?
(postado originalmente em 27/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:17 AM   0 comentários
Cinderela
A Sofia está na fase Cinderela. Ontem assistimos o filme pela segunda vez. Tenho certeza qua vamos ver outras tantas. Mais pro final do filme, quando o encanto se acaba, e os guardas do Rei atropelam a abóbora que foi a carruagem a Sofia vira pra mim muito preocupada e pergunta:
_ Mas como ela vai embora agora???
(postado originalmente em 27/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:16 AM   0 comentários
Fiquei brava
Hoje me "emputeci" com meu chefe. Já ando de saco cheio, pois ele me informa como se eu fosse retardada, mas cobra como se eu fosse um gênio advinhatório. Todas as vezes que assumo o papel de secretária assistente ele dá um jeito de colocar algum defeito. Quando enfio o pé na jaca e resolvo ficar secretária "que atende telefone e anota recado" ele reclama que não consegue trabalhar, que tem que resolver tudo sozinho. Já deveria estar acostumada com esse estilo afinal, ele como bom escorpiano, apenas repete o que meu ex-chefe, meu pai e meu marido sempre fizeram. Não mexem a bunda do lugar e ficam pondo defeito no que os outros fazem. Vai ver que eu me aborrecer é um bom sinal... estou deixando de ser passiva demais.
(postado originalmente em 26/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:13 AM   0 comentários
Bota ou tênis
Levei a Sofia no Ortopedista ele disse que ela teria que usar a danada da bota ortopédica. Logo fui fazer os orçamentos, triste, porque o médico disse que não poderia ser o tênis. Já estava prevendo certa dificuldade em faze-la usar as feias botas. Ainda bem que resolvi dar uma pesquisada com os técnicos nos lugares onde liguei e descobri que um deles faz o tênis sob medida. Conversei novamente com o médico e ele autorizou. Fiquei muito contente... e a Sofia também, porque vai ganhar um tênis cor-de-rosa com coração. Detalhe... 2 números maior que o pé dela...
(originalmente postado em 26/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:11 AM   0 comentários
Pulmão
_ Mãe, deixa eu ver o seu pulmão?
_ Não dá filha, o pulmão fica lá dentro.
_ ... então arrota que ele sai!
(originalmente postada em 25/04/2006)
Postado por Claudia @ 10:10 AM   0 comentários
Sem febre
A Rafaela tem 3 anos e 6 meses e esteve com a madrinha acompanhando o cachorro da família ao veterinário. Lá pelas tantas a veterinária resolveu medir a temperatura do cachorrinho. A Rafaela com os olhos muito arregalados logo perguntou:
_ Eu não estou com febre, né Dinda?
(originalmente postado em 24/06/2006)
Postado por Claudia @ 10:07 AM   0 comentários
Quem é o bebê??
Eu: Ahhh não vai embora não, fica aqui comigo
Ela: (depois de voltar alguns passos) Eu fico, eu fico aqui com você minha bebezinha linda. (postado originalmente em 21/04/2006)
Postado por Claudia @ 9:59 AM   0 comentários
quinta-feira, junho 08, 2006
4 Gerações
Estive na casa de minha avó na última quinta feira. Ela tem 92 anos e ainda está bem, lúcida e animada com a bisneta por perto. Foi divertido ver a Sofia brincando com a Bisa.
_ Bisaaaaa, vamos jogar bola? (E lá foi a Bisa... brincar com a bolinha de tênis)
_ Bisaaaaa, vamos brincar de mamãe e filhinha?
(postado originalmente em 21/04/2006)
Postado por Claudia @ 5:35 PM   0 comentários
Outro filho
A Laura e a Ju lá do "Mothern" postaram uma vez dizendo que ter um blog é como ter um filho. Eu mal comecei e já estou com essa sensação. Não consigo sair daqui, e quando estou em casa, não consigo parar de pensar no que eu vou colocar aqui. Afe... tô amando!!! (postado originalmente em 20/04/2006)
Postado por Claudia @ 4:43 PM   0 comentários
A Viagem
Ontem assisti com a Sofia o final de Alice no País das Maravilhas (versão Disney). Que viagem!!! A Sofia ficou bem quietinha olhando aquela maluquice toda. Acho que o Lewis Carroll tava louco de ácido quando escreveu aquilo tudo!!
As aventuras de Alice no País das Maravilhas
Em inglês
(orginalmente postado em 19/04/2006)
Postado por Claudia @ 4:40 PM   0 comentários
Recomeço
Profa. Lisbeth tomou posse, informalmente, como Diretora do MAC. Um dos comentários mais interessantes que ouvi foi "estou vendo gente que fazia tempo que não sorria, sorrindo hoje". Que o otimismo de hoje perdure. Pelo menos pelos próximos 4 anos. (postado originalmente em 19/04/2006)
Postado por Claudia @ 4:36 PM   0 comentários
Lilypie 5th Birthday Ticker

O que ando ouvindo:
  • as compilations dele :)
  • Eu

    Nome: Claudia
    Onde Moro: Brazil
    Saiba um pouco mais sobre mim

    Estamos também em
    Blogs que visito
    Sites que recomendo
    Posts Anteriores
    Arquivos
    Créditos
    Contato
    Template by

    Free Blogger Templates

    BLOGGER

    www.flickr.com
    This is a Flickr badge showing public photos from Claudia A. tagged with blog. Make your own badge here.